segunda-feira, 19 de julho de 2010

A Chamada de um Amante - Claire Thompson



A Chamada de um Amante

Claire Thompson

ClaireThompsonAChamadadeumAmanteTiam[2][7]Título Original: A Lover´s Call

Uma bibliotecária de dia, e de noite Rachel vende sexo telefônico, atormenta os homens até o orgasmo através do telefone. Seu mundo se volta de cabeça para o ar por uma chamada telefônica que mudará sua vida.

Richard Morris ligou para a linha de sexo por uma brincadeira, e se sente cativado pela voz sensual. Com um domínio natural ele a empurra mais à frente que a uma simples conversa sexual, despojando que a mulher de verdade se dispa com sua escura e sensual percepção.

Richard instrui Rachel sobre o romance erótico da submissão. Finalmente, ela enfrenta à última prova para satisfazer seu amante telefônico e experimenta de primeira mão sua promessa erótica.

—Richard? O que posso fazer por você, sexy? Quer saber como estou vestida?

—Não, obrigado. Você só mentiria. — Ela apertou os lábios, sorrindo levemente. Os meninos estavam acostumados a estar muito desejosos de acreditar em qualquer história que os ajudasse com sua mão. Entendia-se que o que ela estava vendendo era uma fantasia.

— Bom, certo, o que posso fazer por você, então? Diga-me suas mais secreta fantasia.

— Eu prefiro escutar a sua. —Ah, ela estava de volta em terreno familiar. Ele poderia ter uma voz sexy, mas era como os outros, depois de tudo. Rachel começou a lhe falar de seu grande membro e como ela queria cavalgá-lo como a um garanhão até que a fizesse gritar de prazer.

—Shh, pare com isso. Silêncio. —Interrompeu-a Richard. — Não me diga o que pensa que quero escutar. Diga-me a verdade. Confie em mim. — Sua voz era suave, calmante, como se estivesse falando com uma menina que necessitava consolo. Rachel novamente foi tomada por surpresa, despojada de seu passo longo. Quem era este homem?

— Pensei que estaria de acordo. Como lhe disse, meu nome é Richard. Esse é meu verdadeiro nome.Richard Morris. Nunca liguei para uma linha de sexo por telefone, embora você não possa acreditar. Liguei para este só por diversão, para ver como era. Impactou-me no primeiro momento. Não foi o que disse o que me atraiu. Foi como o disse. Foi sua voz, e algo mais. Algo… — fez uma pausa, como se pensasse na melhor maneira de dizê-lo. —Algo vulnerável. Sei que levo um momento para seguir com a sequência de comandos masturbatórios e te peço desculpas por não ser tão... hã… receptivo como você talvez esteja acostumada. Para falar a verdade, só queria ouvi-la falar. Apaixonei-me por sua voz. É sua voz a que está colocada debaixo de minha pele. Eu gostaria de ter um nome para relacionar com ela.

—É Rachel. — sussurrou inclusive antes que ela se desse conta de que as palavras deslizaram de seus lábios.

—Ouça Richard. A respeito disso. Estava me perguntando… — Fez uma pausa, de repente insegura de si mesma. E se mergulhou. — Eu estava pensando. Não há nenhuma razão para que tenhamos que falar assim. Quero dizer, não me importaria se quiser me ligar diretamente. Já sabe, não através do serviço.

Ela esperou. Depois de um momento, Richard disse:

—Eu gostaria de te ligar diretamente. Mas, Rachel, se fizer isso, as regras mudam.

— As regras? — Rachel sentiu um apertão estranho em seu ventre.

— Sim. Significa que isto está se convertendo a nosso redor, Rachel. Significa que quero que para você signifique mais que uma boa forma de ganhar dinheiro extra. É isso o que significa Rachel?

—Sim. — sussurrou, sentindo-se ruborizada, contente de que ele não podia vê-la. — Oh, sim!

Pense um livrinho maravilhoso, super fininho, em pouco mais de uma hora você termina de ler. Adorei esse casal Rachel e Richard. Muitoooo fofo e sem deixar de ser algo mais adulto, algo que condiz mais com minha faixa etária e minha experiência de vida. Enfim, tem todo o lance de romantismo, mas também tem todo um jogo sensual e pensem num homem de pegada.

Ai Richard!!!! Liga para mim. Call me Richard, please.

E OMG!!! Richar é um Dom ele vivencia o mundo BDSM. E Rachel revelas-e uma sub, e Richard sabe conduzi-la e introduzi-la no mundo de Dominação e Submissão de uma forma que é ao mesmo tempo totalmente sensual e romântica, tornando o seu Mestre. Ah se todos dos Doms fossem como nos livros. *Suspira*

Adoroooooo. Sou fascinada por estória e romances de BDSM/Bondage, acho extremamente ricos e excitantes.

Não é um livro que aconselho a “meninas”, nem adolescentes, nem mulheres religiosas, puritanas, pessoas sem personalidade formada e mais ainda a pessoas que bão sabem respeitar as diferenças e as diversidades sexuais do mundo. Se você é assim passe longe desse livro , ou melhor passe longe de qualquer livro estilo Ellora´s Cave.

Livros como esse é uma ótima forma de pessoas Baunilha conheceram um pouco mais do BDSM.

É uma pequena que o mercado editorial brasileiro seja tão falso moralista que não publique romances adultos, e quando publicam algo mais adulto, é cheio de cortes e tudo é suavizado como se as leitoras brasileiras fossem mais sensíveis e pudicas que as leitoras de outros países, enfim é uma vergonha essa censura literária. Por isso viva Ellora´s Cave que publica romances adultos para mulheres adultas e bem resolvidas.

Termos do mundo BDSM

Baunilha (vanilla)

Diz-se daqueles que não tem ou não usam fetiches em sua relação.  Seriam aquelas pessoas que se intitulariam “normais”. O termo foi criado exatamente para se evitar a utilização de tal definição e também porque “baunilha” é o sabor mais básico de sorvetes (e também o mais insosso *rs)

Também é utilizado para definir coisas: relação baunilha, atitude baunilha, pensamento baunilha, sexo baunilha, etc.

BDSM

Sigla que significa:

BD = Bondage e Disciplina

DS = Dominação e submissão

SM = Sadomasoquismo

Bondage

Prática e bela arte de amarrar, mais comumente utilizando-se cordas, podendo-se também utilizar panos, tiras elásticas e até fitas adesivas.

Nome também empregado para qualquer forma de prender a escrava, inclusive por algemas ou correntes.

O "B" do BDSM. Bondage na verdade conforma as práticas de escravização. Popularmente usado para referir-se a atividades de imobilização com cordas, lenços, algemas de couro ou metal, tornozeleiras, "spread bars" (barras de alargamento que servem para manter pernas e braços abertos visando à imobilização do(a) parceiro(a). Todas as "cenas" de Bondage remetem ao tema básico: o cativeiro. Dentro dos grupos e comunidades de BDSM existe uma regra básica de segurança, definindo que imobilizações ou "amarrações" só são feitas do tórax para baixo. Cabeça e pescoço são áreas proibidas devido à possibilidade de asfixia. Dentro do S.S.C. há um limite de tempo para se deixar alguém imobilizado, em decorrência da possibilidade de isquemia tecidual, ou seja, da falta de irrigação sangüínea em uma área. Algumas pessoas acham extremamente sensual a situação de estarem imobilizadas, à mercê de outrem. Estar fisicamente imobilizado dentro de um contexto de consensualidade dá a possibilidade para os aficcionados de experienciar sua sexualidade livremente, o que, talvez, de outro modo, estas pessoas poderiam não ser capazes de se permitir em virtude de questões morais ou de educação. Bondage pode ser também visto como a transferência da responsabilidade para quem coordena a ação.Dominação

Base do BDSM, mais especificamente do D/s, que consiste na imposição, disciplinamento, adestramento e condução das atitudes da escrava, neste caso, a submissa.

Dominador é o praticante ativo no BDSM, mais destacadamente no D/s, caracterizado pela prática de comandar e subjugar escravas, podendo assim obter delas a obediência e a dedicação que almeja, além da entrega de seu corpo.

Um dominador geralmente também pratica o sadismo. Não só para castigar suas escravas submissas por alguma desobediência ou indisciplina (mantendo assim seu domínio e disciplinamento sobre elas), como também para seu puro prazer, sendo nestes caso um Dominador Sádico.

“Mestre” é aquele que educa, ensina, orienta e mostra os caminhos do BDSM para a escrava. Ajuda-a a evoluir, a se descobrir, a se desenvolver e se assumir dentro do vasto universo desta nossa fantasia. Com sua prática, experiência e coerência, pode propiciar à ela a descoberta de suas tendências, de seus anseios, seus limites e suas preferências e características. É acima de tudo, um amigo, um parceiro e um guru.

Submissão

Segundo o dicionário Aurélio: obediência, sujeição, subordinação, docilidade, servilidade, humildade e subserviência.


AlexandrinaBx

16 comentários :

  1. Amoooooooo Elloras. Adorei Ale.


    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Adorei, nossa, preciso de um livro assim, pra de vez enquando sair da rotina, kkkkk

    ResponderExcluir
  3. Eu adorei esse livro. Uma história HOT mas ao mesmo tempo bem leve e atraente.

    Recomendo!

    ResponderExcluir
  4. Adoro Ellora's, mas meu problema é o e-book traduzido. Sei que as meninas fazem de boa vontade e tudo mais, mas não consigo ler...

    Acho que não dou sorte com os que consigo na internet. :(

    bjokas

    ResponderExcluir
  5. faz q nem alguma de nós lê no original. é bom pra aperfeiçoar o ingles.

    ResponderExcluir
  6. medo dessa capa O.O
    er, não sou muito fã de livros assim HAHAHAHA mas ele parece ser legal pra quem gosta do estilo ^^

    beeijos Ale

    ResponderExcluir
  7. pra quem gosta é tudooo de bom. eu adoro. livro q tiver chicotinhos, algemas, Doms, subs e e BDSM já gosto. kkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  8. Alê Amei!!!

    Adoroooooo Ellora's e o livro é muito Bom!!!!!!!!Hot,com um BDSM bem light.

    bj

    ResponderExcluir
  9. Adoro Ellora´s, todos os livros são boms mas esse é ótimoooo!!!!

    ResponderExcluir
  10. Great information and well written.
    Even a complete newbie like me understood it.
    Keep up the good work.
    very useful information. I will look forward to find out more.
    Awesome article. You have some great insights. I love to read your blog while I’m at work to help pass time.
    http://www.contentproz.net/article-writing-services/
    Article Writing Services

    ResponderExcluir
  11. It's one informative article for the viewers and users.
    Thank you, this article was very useful and well presented.
    I like your quality that you put into your post.
    Please do continue with more like this.
    Write My Paper
    http://www.writemypaperpal.com
    http://www.writemypaperpal.com/

    ResponderExcluir
  12. Great post and so interesting. Glad I stopped by, and continued good luck with the blog hop! Accounts Software For Small Business What a terrific sounding book - the water cycle is cool in and of itself and a book which teaches it in such a fun poetic way is mega-cool.

    ResponderExcluir
  13. I read your post. It was amazing. Your thought process is wonderful. The way you tell about things is awesome.
    REGROW HAIR
    http://www.trichozed.co.uk/

    ResponderExcluir
  14. Really it is very useful post & I like to read these types of post & thanks for sharing such type of posts…
    Wholesale Clothing Store

    ResponderExcluir
  15. This is a specific show that I watch and listen to. The host, Andrew Warner, interviews successful entrepreneurs, mostly from Pakistani Dramas the online startup world. If that's a topic that interests you, the interviews are excellent and there are transcripts available with each show.
    http://dramapk.net/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...