segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Série Oh, Que Delícia! - Uma porção de prazer - Leannan Mac Llyr

Uma porção de Prazer

Leannan Mac Llyr

 

Uma porção de prazer

clip_image002

Título original: Hand-Dipped Pleasure

Autor: Leannen Mac Llyr

Exotika series

ISBN: 978-1-41991-615-1

Junho de 2008

Romance Erótico Contemporâneio – BDSM leve

www.ellorascave.com


Sinopse:

Tasha sempre teve uma queda por Dale, o apetitoso jovem dono da confeitaria. Na manhã do Festival do Morango, ela chega para entregar os morangos que ele usaria em sua especialidade: Morangos Recheados com Chocolate. Só que Dale ainda não tinha tirado seu corpo nu da cama e todos os pensamentos sobre negócios voam da mente dela quando ele não apenas a toma, mas também lhe ensina o jogo da dominação.


Com um pouco de chantilly e chocolate, Dale mostra a ela como pode ser doce a escravidão e que a diferença de idade não significa nada para ele.

20 (1)

Vamos ao livro estava eu ontem atrás de algum livrinho que fosse pequeno, hot e bom de ler e acabei topando com Hand-Dipped Pleasure, da autora Leannen Mac Llyr, nunca havia lido nada dela antes, mas como já conhecia a série resolvi dar uma lida e adorei. Lembrando que esse é um Romance Adulto, censura 18 aninhos.

O livro narra o romance entre Dale, que é conhecido como o gostosão da cidade, aquele que pega todas e Tasha, uma pacata dona de casa. Essa série sempre nos traz romances em que há um conflito de idades, no caso, Tasha é mais velha que Dale.

A pacata Tasha sempre sentiu atração pelo notório “galinha” Dale, mas sempre reprimiu o sentimento, por achar errado e também por crer que não teria nenhuma chance com o bonitão da cidade. No dia do festival do morango na cidade Tash está marcada para ser a primeira cliente de Dane a pegar mercadorias na sua confeitaria, porém quando Tasha chega ao local Dale não se encontra. Ultrajada pela falta de profissionalismo no rapaz, ela invade sua casa e sobe até seu quarto e o encontra dormindo nú, e acaba não resistindo e acaricia o rapaz, mas comete um erro fatal, ou melhor comete um acerto fatal, ela dá um tapa no bumbum de Dale para o acordar. Mal sabia ela que nunca, jamais se bate em um Dom.

Dale que a muito tambén desejava Tasha vê ali uma oportunidade para tê-la como sempre quis, submissa para os eu prazer. Dale seduz Tasha com promessas de prazer, e Tasha excitada cede as investidas de Dale.

Dale deslizou a mão para seu cabelo ruivo e envolveu a parte de trás de sua cabeça, a boca encontrando a dela em um beijo que carregava tanto cuidado quanto paixão e imediatamente ela fortaleceu sua resistência, desistindo de vacilar. Então suavizou embaixo de seu beijo investigador e ele recuou, lambeu seus lábios uma vez mais e soltando-a.

—Eu estou realmente contente que você tenha apreciado estar comigo tanto como eu apreciei você.— Levantou a mão dela para os lábios e a beijou. —Eu não posso pensar em uma forma melhor de acordar que com uma mulher bonita e disposta e eu desejaria poder mantê-la aqui comigo e ensinar a você prazeres obscuros, mas ai de mim, minha donzela da feira, com o festival eu devo abrir a loja dentro de uma hora.

Porém depois de uma sensacional sessão de prazer, ela fica meio que em crise pelo fato de ser mais velha que ele e com medo do que todos da pequena cidade irão comentar se souberem, e ela também nãos e sente muito auto-confiante em ficar com um homem como Dale, vejam nos trechos abaixo:

—E não me chame de mocinha, eu sou dez anos mais velha que você e deveria saber mais para não cair em seus jogos juvenis.

—Meus jogos juvenis? Meus jogos juvenis fizeram você gozar mais forte do que já tinha conseguido antes em sua vida, diga que estou errado.— Então recuperou as meias dela da parte de baixo do pé da cama e as deu para ela, mas ela já estava com as botas calçadas.

...

—Ensinar-me?— Sua boca se abriu de surpresa enquanto ele a acompanhava ao andar de baixo até o carro dela. —Eu terei que informar a você que não sou nenhuma flor inocente que nunca tenha conhecido o toque de um homem. Eu faço sexo desde que você estava no primeiro grau.

—Talvez,— ele pegou as chaves e abriu a porta do passageiro para ela. —Mas eu fiz uma especialização sobre isso.

...

—Você tem apenas trinta e cinco e Dale tem vinte e cinco. Isso não é uma grande diferença de idade.

...

—Você está com esse medo estranho desde que completou trinta e cinco anos, Tasha. Você tem que superar isso, ouve o que estou dizendo? Você não está velha.— Jenny se inclinou mais perto e virou a cabeça em direção à cozinha.

...

—Eu não sou uma garota, sou mais velha que você. Você sabe o que as pessoas iriam dizer, não é? Que você é meu garoto de brinquedo e que sou alguma velha suja desperdiçando sua grande juventude. E o que acontece se nós nos tornarmos um artigo? Eu sempre serei mais velha que você e as pessoas sempre vão falar.

Após Dale lhe convencer que a diferença de idade não importa par ele, pois ele a deseja independente disso Tasha fica mais relaxada e se deixar ser totalmente conduzida nessas brincadeiras desconhecidas e excitantes as quais ela descobriu gostar muito. Adoroooo, ah um Dale para mim.

—Comporte-se docinho, ou pensarei que você gostou de ser espancada.

Rindo, Tasha esfregou seu traseiro. As palmadas tinham sido agradáveis e de uma maneira bastante pervertida

Dale lhe deu uma palmada brincalhona no bumbum mais uma vez quando passou por ela e ela não pode deixar de rir. Oh, sim. As palmadas tinham resultado em uma noite de jogos muito interessantes, pensou. Fazendo o que ele pediu, sentiu sua freqüência cardíaca subir. Brincava com os travesseiros, fazendo pilhas aqui e ali, não sabendo o que ele tinha em mente, assim não tinha certeza exatamente como os queria. Ela sacudiu o lençol e o deixou tremular abaixo sobre as almofadas.

É um romance lindo, rápido de se ler, com um bondage super leve só umas palmadinhas e mãozinhas amarradas. É uma delicinha essa estória. Abaixo segue alguns dados para contato com a autora e a editora. Pena que não tenhamos essas estórias publicadas em língua portuguesa, o mercado editorial e até mesmo grande parte dos leitores é muito pudico ou falso moralista. Muitos lêem escondidos, mas não tem coragem de admitir e nem de opinar sobre o tema, uma pena.

Myspace da autora: www.myspace.com/leannan_macllyr 

Myspace da Elloras: http://www.myspace.com/ellorascave

Gostou? Compre Adquira seu exemplar aqui

 Leia o Blog dos Editores da Elloras Cave - Clique Aqui

Elloras no Twitter

http://twitter.com/ellorascave

http://twitter.com/ladyjaided

 

E por último o trechinho que me deu mais inveja e um enorme desejo de ser siliconada, mas as frágeis leitoras não aconselho que leiam, por isso para ler você terá que passar o mouse em cima para ler o trecho. As cardíacas também não aconselho a leitura.

Sorrindo, Dale se arrastou sobre seu corpo e acomodou um joelho de cada lado dela acomodando o pênis entre seus seios. Da gaveta da mesa de cabeceira, ele pegou uma garrafa de plástico pequena e vermelha, abriu a tampa e espremeu uma linha fina de líquido transparente em uma curva pequena sobre cada de seus seios. Usando o pênis, ele espalhou a lubrificação pelas curvas internas e com atenção extra, trabalhou a cabeça em fortes círculos acima e ao redor de cada mamilo rígido. Tasha gemeu. Enquanto ela olhava, sua excitação crescia e se transformava em uma fervura constante.

Envolvendo os seios com as grandes mãos, Dale apertou ambos em torno de seu membro e grunhiu, gemendo de prazer. Com uma lenta flexão dos quadris, começou a se deslizar entre os seios, mantendo-os firmemente juntos e apertados, de forma que ela sentia cada centímetro dele, mais especialmente a saliência enorme de sua cabeça.

Tasha assistiu enquanto ele dava prazer si mesmo e o show a acendeu imensamente.

Ele tinha os olhos meio fechados e a boca entre aberta para respirar. A expressão de êxtase hipnótico dele, deu coragem a ela e quando o pênis apareceu pela fenda dos seios, ela levantou a cabeça e pegou a ponta entre os lábios. Edward congelou e gemeu. —Ah. Você quer isto?

Com os lábios totalmente fechados em torno da borda, a língua dela deslizou sobre a cabeça e roubou a gota de pré-sêmen que encontrou lá. Ele tinha o sabor e cheirava como se fosse um morango maduro que ela tivesse mergulhado em uma calda e, sorrindo, percebeu que o lubrificante que ele usou devia ser aromatizado com morango.

Morangos!

 

 


11 comentários :

  1. Adoro esse série, ainda que só tenha lido o primeiro até agora rsrs


    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Adoro os livros dessa Série....

    e esse resumo me deu vontade de comer morangos...

    Alexandrina você é má!!!!


    bj

    ResponderExcluir
  3. Nossa, uau.
    parece ser super hot.
    Aff, esses livrinhos são puro fogo.
    Amei.
    vou ler. ^^

    ResponderExcluir
  4. Gente,
    Tô passando mal aqui !
    Que tudo ! Adoro morangos rsrsrs

    Bjs
    Luka.

    ResponderExcluir
  5. Hehehe, sua resenha abriu o apetite do povo.

    Não conhecia seu blog, vou passar a acompanhá-lo.

    E como praticante BDSM, fico feliz que divulgue livros dessa temática e que a trata de forma respeitosa e divertida.

    Parabéns.

    ResponderExcluir
  6. Nuuuuu eu passei o mouse la, passei sim rsrsrsrs

    Adorei!! hauhauhau, o livro hot, o casal, os morangos, tudo :P

    bjoo

    ResponderExcluir
  7. Nandinha que bom q vc gostou. Eu adoro romance água com açucar, mas um romances hot como esses é mais a minha cara. adoroooooo.

    Acho muito justo resenhá-los já que os leio e gosto. :)

    Rafinha e Lu diz aí o que tinha aki em ksa essa semana???

    Morangos!!!

    kkkkkkk

    ResponderExcluir
  8. Vou me emocionar com A Última Música que o ARFortaleza e a Editora Novo conceito vão me dar

    ResponderExcluir
  9. Tu crês que eu ainda não consegui ler nenhum dos livros dessa série???
    Tô tentando terminar a série Menage Amour mas cada vez que eu leio um, lançam dois!!! #Morre!
    E agora fiquei morrendo por ler esse!
    Adoroooo morangos e chocolate! HUAHUAHAUHA

    ResponderExcluir
  10. o bom dessa série Barbara é que os livros são relativamente pequenos. Eu olho as sinopses e as que mais me interessam eu leio.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...