sexta-feira, 6 de agosto de 2010

A Última Música – Nicholas Sparks

15010781

A Última Música

Nicholas Sparks

Aos dezessete anos, Verônica Miller, ou simplesmente Ronnie, vê sua vida virar de cabeça para baixo quando seus pais se divorciam e seu pai decide ir para a praia de Wrightsville, na Carolina do Norte. Três anos depois, ela continua magoada e distante dos pais, particularmente do pai. Entretanto, sua mãe decide que seria melhor os filhos passarem as férias de verão com o pai na Carolina do Norte. O pai de Ronnie, ex-pianista, vive tranquilamente na cidade costeira, absorto na criação de uma obra de arte que será a peça central da igreja local. Ressentida e revoltada, Ronnie rejeita toda e qualquer tentativa de aproximação do pai e ameaça voltar para Nova York antes do verão acabar. É quando Ronnie conhece Will, o garoto mais popular da cidade, e conforme vai baixando a guarda, começa a apaixonar-se profundamente por ele, abrindo-se para uma nova experiência que lhe proporcionará uma imensa felicidade - e dor - jamais sentida.

Quando passamos de crianças a adultos? Qual momento torna isso decisivo?

Esse livro nos mostra exatamente isso, uma transformação total de sentimentos, pensamentos e idéias, tantas vezes temos certeza absoluta de nossa razão que esquecemos dos sentimentos de outros, quantas vezes por não conhecermos as razões das pessoas que amamos, julgamos que eles estão errados? Ronnie passa por tudo isso neste livro, aqui ela vai aprender que a verdade nunca é preto e branco e que nossas ações sempre tem consequências. Sei que vocês podem tá pensando, nossa do que ela tá falando, mas acredito que quando Nicholas Sparks escreveu esse livro ele queria nos dizer que precisamos aprender a perdoar, pois as vezes é tarde demais para se arrepender.

Ronnie se sente incompreendida por todos, sua mãe, seu pai com quem não fala a três anos e busca em um comportamento rebelde as respostas e o entendimento que acredita não ter em casa, logo no inicio do livro fiquei pensando “ Nossa como alguém pode ser tão chata e fazer as escolhas mais erradas” , mas tentei me colocar no lugar dela e sinceramente não sei se teria feito escolhas diferentes, na praia de Wrightsville ela vai encontrar respostas para algumas das dúvidas que tanto a atormentam e também vai encontrar Will que imediatamente se sente atraído por Ronnie, apesar de todas as contradições que ela representa. Will é alguém que eu adoraria conhecer… Responsável, carinhoso, lindo de doer e totalmente apaixonado por Ronnie.

Uma coisa adorável nesse livro é que Sparks mostra os pensamentos não apenas de Ronnie, mas também de Will e Steve (Pai de Ronnie), enquanto a história é contado conseguimos ter uma visão ampliada de tudo que acontece e de todos os sentimentos que cercam todos os envolvidos. Os personagens secundários do livro não estão apenas lá para encher espaços, eles acrescentam sentimento e motivação ao livro e nos fazem ama-lós ou odia-lós, mas não conseguimos ser indiferentes a eles de forma alguma.

Eu nunca havia lido nada deste autor e apesar de acreditar estar preparada para ler seus livros após ter visto filmes baseados em suas obras, não esperava toda a carga de sentimentos que esse livro me trouxe ou mesmo a enxurrada de lagrimas impossíveis de serem contidas.

Espero que minha resenha tenha conseguido passar apenas um pouco da emoção que senti lendo este livro. Um livro que te prende e te impedi de fugir da verdade, mesmo quando ela é difícil de ser aceita.

Nota 1000.

10 comentários :

  1. Ainda estou sob o efeito da leitura desse livro, acho que todo mundo deveria ler e se encantar com qualquer livro do Nicholas Sparks, mas A Última Música é nota 10000 mesmo!
    beijo meninas.

    ResponderExcluir
  2. Livros do Nicholas só acompanhado de muitos lencinhos de papel

    ResponderExcluir
  3. Maravilhoso. Nota 1000 com muito louvor

    ResponderExcluir
  4. Eu só vejo ótimos comentários sobre este livro e quero ler, mas é tãoo triste q ja sei q vou chorar horrores, os dele sempre são rs

    bjo

    ResponderExcluir
  5. NOssa que livro lindo, ainda nao tive tempo para ler, mas sera o proximo da lista.
    bjos

    ResponderExcluir
  6. Eu sempre me surpreendo com o Nicholas. Esse livro não foi diferente. Eu como sempre, chorona, nem derramei lágrimas... xD
    Mas é realmente uma lição de vida! Eu adorei.

    ResponderExcluir
  7. Esse eu ainda não li, mas estou mega empolgada para começar...

    ResponderExcluir
  8. Eu tenho...
    mas ainda não tive coragem de ler,pois estou me recuparando de Querido John,nicholas sparks sempre me deixa com depressão...é preciso estar preparado para ler.

    mas já está na lista que aumenta cada dia mais...

    bj

    ResponderExcluir
  9. To quase convencida a ler! kkkkkk, bjs.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...