segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Espelhos Quebrados – Edna Uip– @saeditora


Espelhos Quebrados

Edna Uip

 

espelhosquebrados_capa

O que quatro irmãs podem ter em comum além dos laços genéticos? Como uma infância desastrosa pode influenciar o futuro de gerações? Patrícia, Clarisse, Carmem e Clara são irmãs criadas por um pai autoritário e violento e uma mãe submissa e omissa. Cada uma das filhas absorveu as experiências da infância de forma bem própria e reproduziu-as no seu mundo, contaminando com elas o seu próprio meio ambiente. A vida das irmãs seguiria de forma inexorável, se fatos novos não quebrassem todos os espelhos, colocando diante de cada rosto a sua verdadeira face.

Um texto forte, que desnuda seus personagens e as coloca frente a frente ao leitor provocando emoções e reflexões. As mulheres vão refletir sobre os modelos que adotam em suas vidas; os homens, sobre os papéis que assumem, às vezes à revelia de seus próprios desejos. Assim é Espelhos Quebrados, romance de estreia de Edna Uip, paulistana, empresária, que decidiu assumir seu lado escritor e nos brinda já com uma narrativa rápida e envolvente, um "espelho" sem cortes para os dia atuais.

Editora: Sá Editora

Autor: EDNA UIP

ISBN: 9788588193512

Origem: Nacional

Ano: 2009

Edição: 1

Número de páginas: 328

Acabamento: Brochura

Formato: Médio

“Espelhos Quebrados”, publicado pela Sá Editora, conta a história de quatro irmãs criadas criadas em um ambiente familiar instável junto à uma mãe omissa e a um pai violento, essas meninas durante a infância vivenciaram experiências que interferiram no crescimento e na vida de todas elas. O trabalho de Edna Uip explora com maestria e mostra como algumas emoções e traços psicológicos que surgem durante a infância podem influenciar as pessoas pelo resto da vida.

Cada uma das filhas absorveu as experiências da infância de forma bem própria e reproduziu-as no seu mundo, contaminando com elas o seu próprio meio ambiente.

Apesar de ser um livro de ficção a trama mexe com situações do cotidiano e tem um forte exploração do psicológico dos personagens, você consegue identificar nas personagens centrais traços de pessoas conhecidas e até mesmo traços seus. É um livro denso, porém de fácil leitura e compreensão.

De acordo com a autora Quebrar os espelhos representa todos os conceitos internos que temos, tudo o que construímos pode vir a quebrar e virar pó.

Particularmente eu conheço pessoas iguaizinhas as personagens Patrícia e a Carmem. Livro interessante, estilo de escrita é fluído não deixando a narrativa ficar cansativa em nenhum momento. Eu indico.

Agradeço as meninas da Sá Editora pela gentileza do livro.

Conheça um pouco sobre as irmãs:

Patrícia

Patrícia tem certeza de que está certa. Ela sabe que está certa. Ela tem que estar certa para aplacar suas frustrações.

Patrícia é uma mulher de cinquenta anos, cheia de frustrações. Não foi capaz de perseguir seus sonhos. Por isso, espalha culpas e rancores. Por isso, projeta nos filhos o que não realizou.

Carmem

Carmem não conseguiu resistir. Os problemas emocionais acumularam-se a ponto de lhe gerarem graves distúrbios psiquiátricos.

A personagem Carmem sofre com sua solidão, com suas mágoas, com sua inabilidade frente à vida.

A mais feia, a mais desajeitada, a mais rejeitada… Vive a sombra das irmãs. Dedicou toda sua vida ao marido, ao filhos, aos alunos e pouco a si mesma.

Clarisse

Clarisse rebelou-se desde sempre. Construiu sua vida com ferro e aço.

Clara

Clara submeteu-se. Não conheceu nada além da submissão.

Sobre a autora

Empresária bem-sucedida do ramo de transportes, advogada por formação, Edna, única mulher entre três irmãos, entre eles o conhecido infectologista David Uip, sempre teve que se dedicar integralmente ao mundo racional dos negócios. “As emoções eram vividas muitas vezes secretamente por meio da escrita de diários e impressões sobre os comportamentos humanos.”, confessa.

www.ednauip.com.br

https://espelhosquebrados.wordpress.com/

 

Compre Aqui

 

AlexandrinaBx

Chegou até aqui? Deixa um comentário. Incentive.

Um comentário :

  1. Livros que mostram a realidade tão dura da vida, nunca estão no topo da minha lista.

    Como eu disse em outro blog, gosto de ler meus livros com lentes cor de rosa e tornar o mundo um lugar um pouco melhor, pelo menos por um momento.

    ótima resenha.

    Super beijo.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...