terça-feira, 19 de julho de 2011

Eu Sou o Mensageiro - Makus Zuzak

Ed Kennedy leva uma vida medíocre, sem arroubos. Trabalha, joga cartas com cúmplices do tédio, apaixona-se por uma amiga que dorme com todos os vizinhos do subúrbio e divide apartamento com um cão velho. O pai alcoólatra morreu há pouco; a mãe parece desprezá-lo.

Certo dia, ele impede um assalto a banco e é celebrizado pela mídia. O ato heróico tem conseqüência. Logo depois, Ed recebe enigmáticas cartas de baralho pelo correio: uma seqüência de ases de ouros, paus, espadas, copas, cada qual contendo uma série de endereços ou charadas a serem decifradas. Após certa hesitação, rende-se ao desafio. Misteriosamente levado ao encontro de pessoas em dificuldades, devassa dramas íntimos que podem ser resolvidos por ele. Uma mulher é estuprada diariamente pelo marido, enquanto uma senhora de 82 anos afoga-se em solidão, à espera do companheiro, morto há mais de meio século.

A ele parece caber o papel do eleito, do salvador. Convencido disso, segue instruções e se perde entre ficções de estranhos e sua própria, embaçada, realidade. A certa altura pergunta-se: "Eu sou real?" Markus Zusak cria um personagem comovente capaz de confrontar o mistério e, por meio da solidariedade, empreender um épico que o levará ao centro de sua própria existência.

Markus Zuzak já tinha me conquistado em A Menina que Roubava Livros e nesse livro consolidou de vez um lugar entre os meus autores preferidos.

A Narrativa de Eu sou o mensageiro é mais leve, apesar de todo o mistério que envolve as cartas que Ed recebe e das tarefas a serem cumpridas, o drama é bem menos denso. Um pouco de mistério, aventura, romance, suspense e ação Zuzak nos presenteia com mais uma história brilhante e impossível de largar.

Ed Kennedy é um fracassado filho de um pai morto pela bebida e uma mãe amarga, tem por companhia um cachorro velho e fedorento, e amigos tão fracassados quanto ele, mas eis que um dia Ed impede um assalto a banco e desde então passa a receber cartas anônimas o levara numa jornada de transformação inesquecível.

Incrível o modo como Zuzak tem a capacidade de mudar de um livro para o outro. Cada situação e detalhe mostrado no livro nos passam a lição de que pequenos gestos que fazemos para ajudar ao próximo podem mudar o mundo.

Chorei,ri,amei!!!!

Leitura recomendada!!!

25 comentários :

  1. Eu já li eu sou o mensageiro e apesar de meus amigos terem adorado o livro eu não gostei muito não.
    'A menina que roubava livros' continua sendo meu preferido do autor ^^

    =*

    ResponderExcluir
  2. Nossa, esse livro é tão antiguinho e eu nem li ainda, eu tb amei A menina que roubava livros, um livro intenso, aí quis dar um tempo e não quis ler Eu sou o Mensageiro, mas agora lendo a resenha bateu uma vontade enorme de ler! Parabéns pela resenha, bjo!

    ResponderExcluir
  3. Pelo visto é muito interessante. Eu também gosto de livros de mistério, fiquei com vontade de descobrir quem e pq está mandando estas cartas para Ed.

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia o livro, mas parece interessante. Vou tentar ler em breve, pois tem aqui na biblioteca.
    Bjkas!

    Monique Martins
    MoniqueMar
    @moniquemar

    ResponderExcluir
  5. Olha, esse autor também me conquistou desde A menina que roubava livros, certamente esse é o tipo de livro que eu vou querer ler.

    ResponderExcluir
  6. parece uma história emocionante depois de a menina que roubava livros nunca mais li nada dele... o autor parece um drama... eu gosto disso em livros!!!

    ResponderExcluir
  7. Já li esse livro e também amei, assim como A Menina que Roubava Livros.
    Como vc disse, o autor muda muito de um livro pro outro!
    Só que agora não lembro do final, e emprestei pra uma amyga q nunca devolveu... #ÓDIO

    ResponderExcluir
  8. Eu gostei da parte do enigma que o protagonista tem que resolver mas a história em si não me cativou a lê-la.
    Talvez um dia se eu receber de presente eu leia.

    Bye

    ResponderExcluir
  9. meus amigos falam que esse livro é muito bom, agora vou colocar ele na lista.

    ResponderExcluir
  10. aii,
    parece ser muito triste, então vou passar, não gosto de histórias que fazem chorar, kkk.

    beijos.

    ResponderExcluir
  11. nuncaa li esse livro to vendo a resenha pela 1 vez aqui, e me parece ser um livro muito bom.

    ResponderExcluir
  12. Li 'A menina que roubava livros' e adorei.

    A sinpose desse livro não me atraiu muito mas depois dessa sua resenha fiquei bem curiosa, ainda mais depois de ler esse caminhao de emoçoes que vc disse ter sentido :)

    Parabéns pela resenha, bjus

    ResponderExcluir
  13. Ahhhh eu nunca li nada do Zuzak.. e olha que tenho A menina que roubava livros.. só o que me falta é coragem de largar o Roarke por um tempo XD

    Mas super me interessei pelo enredo.. do jeito que sou emotiva.. vou chorar no livro.. já tô vendo!
    bjs!

    ResponderExcluir
  14. Quero muito ler os livros de Makus Zuzak, sou super fã dele *-*
    Esse livro parece ser ótimo! Assim como os outros livros do autor!
    Parabéns pela resenha!
    Bjs
    Elidiane Ferreira da Silva

    ResponderExcluir
  15. Não conhecia o livro, mas a tematica e a capa muito me agradam. *.*

    ResponderExcluir
  16. Nunca li nada desse autor, mas quando vi a capa lembrei de um filme que vi, onde a mulher do "futuro" se comunicava com um cara do "passado", por cartas, só que não lembro o nome.
    enfim, comentário sobre o filme a parte, não gostei muito da temática não.
    Mas talvez eu venha a ler algum dia para poder realmente dar minha opinião.

    Beijinhos.
    @pirulitolimao
    adventurerpenelope.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Sempre vejo ess elivro na livraria, mas nunca havia me animado.
    Adorei a resneha, e adoro um livro quando ele faz rir, chorar e amar!
    Diga anotadíssima!

    ResponderExcluir
  18. Oi, RAfinha o/

    Hummm... ainda não tinha ouvido falar sobre este livro não @.@

    E o que ele tem? As palavras mágicas em se tratando da Illyana, hohohohoh

    SUSPENSE & MISTÉRIO, YU-HUUUUU \O/\O/\O/

    Além de retratar um personagem principal bastante diferente dos que andam pululando nos YA lançados ultimamente.

    Em outras palavras, o roteiro do livro me surpreendeu, espero poder comprar logo, hohohoho

    Ou então... será que não pintaria uma promo dele por aqui, meninas?? ^~

    Beijos, Rafinha o/

    Illyana HimuraWakai
    illyana.himura@gmail.com
    @IllychanHimuraW

    ResponderExcluir
  19. Não conhecia o livro, mas a tematica e a capa muito me agradam. *.*

    ResponderExcluir
  20. Gosto dos livros do autor Makus Zuzak!
    ''Eu sou o Mensageiro'' parece ser muito bom!
    Ótima resenha :)
    Beijos

    Grazi

    ResponderExcluir
  21. Ainda não li nada do autor mas fiquei curiosa.
    bj

    ResponderExcluir
  22. Olá!

    Eu já li um dos livros de Makus Zuzak, e adorei a história!

    Parabéns pela resenha!

    Bjs

    ResponderExcluir
  23. ahh adoro o Markus, a menina que roubavas livros é otimo, e esse concerteza deve ser tambem, gostei muito

    ResponderExcluir
  24. Nossa, gostei. Parece ser muito interessante. Ainda não li A Menina que Roubava Livros, mas ouvi muitos elogios, e o mesmo para esse livro. Markus Zusak deve ser um ótimo autor!

    ResponderExcluir
  25. Mais um grande livro do mestre Markus deve ser maravilhoso assim como foi A menina que roubava livros

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...