segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Em Nome da Honra–Sandra Brown–@harlequinbrasil

clip_image002

 

Uma circunstância inesperada uniu Aislinn Andrews e Lucas Greywolf. Ela o encontrou bisbilhotando sua geladeira. Seria ele um índio do Arizona arruaceiro e sem lei, ou um herói condenado por um crime que não cometeu? Não im­portava saber quem ele era de verdade, pois Aislinn se tornara sua refém, e fora levada para a reserva indígena onde Lucas faria sua última homenagem ao avô muito doente. Ao longo da travessia pelo Arizona, o estado emocional de Aislinn alternava entre furiosa e intrigada. Afinal, Lucas não escondia seu ódio pela linhagem dela... Tampouco seu desejo cada vez mais forte...

Título original: HONOR BOUND

22

Bom, esse livro li por indicação da minha mana Rafaela Carvalho, sabe eu tenho um negócio com índios, até já resenhei algumas estórias como podem conferir no marcador índios, mas todas as que tinha lido eram Romances Históricos não tinha ainda lido nada com índios em Romance Contemporâneo até que Em Nome da Honra da Sandra Brown veio parar nas minhas mãos, um maravilhoso Rainhas do Romance da Harlequin.

Me interessei em começar a ler Sandra Brown, quando a maravilhosa Suzana Pandora resenhou aqui no blog Paixão Explosiva e gostei muito do estilo de escrita da autora, aí a Rafinha me apresenta um romance da Sandra Brown com um índio fui ao delírio.

Em nome da Honra nos traz um índio cabeça dura, super preconceituoso e mal amado, Lucas é um mestiço, filho de pai desconhecido, um mestiço bastardo, que sempre levou consigo o estigma de ser visto como um inferior, um pária, mas maior que o preconceito que ele sofreu são as consequências que isso trouxe ao próprio Lucas, ele é um homem amargo, rancoroso. Preso por um crime que não cometeu, Lucas precisa fugir para cumprir algo junto a sua gente e nessa fuga ele envolve a linda,rica, branca e loira Aislinn Andrews, a atração de Lucas por ela é imediata, mas ele não deseja ceder, pois ela representa tudo que ele despreza. Lucas leva Aislinn como sua refém, mas a cada minuto ao lado dela, faz com que ele se sinta mais e mais atraído por ela.

Enfim… homem cabeça dura. Dá vontade de dar uns tapas nele em alguns momentos, porque tem horas que ele é um mala sem alça, um verdadeiro chato, mas só posso dizer uma coisa demora para rolar entre os dois, mas quando rola a cena é quente. Adorooooo. Mas depois ele é um nojento e age friamente com Aislinn, se entrega e volta prisão. Mas além de uma transa para lá de inesquecível ele deixa em Aislinn uma pequena lembrança, e isso fará com que  Greywolf (lobo cinzento) ao sair da cadeira proponha a Aislinn casamento, pois não deseja que outro ser passe por tudo que ele passou, pois segundo a cabeça de Lucas só ele pode proteger alguém de sofrer tudo que ele sofreu. Sem opções Aislinn é obrigada a aceitar esse casamento de conveniência.

Já disse que adoro casamentos por conveniência? Pois é, é porque é muito difícil manter a conveniência e muitaaa coisa acontece, depois que Lucas e Aislinn passam a morar debaixo do mesmo teto. Super recomendado, as cenas de sexo estão muito bem compostas, super sexies, sem serem vulgar. Para mim romance que é romance tem que ter sexo, talvez porque há muito tempo eu já tenha passado da fase de amores virginais.

Esse Rainha do Romance arrasou. Espero mesmo que as editoras comecem a cada vez mais traduzirem fielmente aos originais, sem cortar ou suavizar nada, somos leitoras adultas, e no meu caso eu não sou nada pudica.

ale girl pingente

22 comentários :

  1. Que livro lindo, amei.
    Casamento de conveniência é muito bom sim, gostaria que ainda estivesse na moda... rsrs.
    Gosto muito do estilo da autora e tenho alguns livros dela nos meus desejados.

    Monique Martins
    MoniqueMar
    @moniquemar

    ResponderExcluir
  2. kkk adorei vc dizendo q nao eh pudica.. kkkk entao tbem adoro livros assim .. mas parece q eh cortado mesmo... as editoras tem q ver q gostamos dos livros da versao original mesmo.
    qto ao livro de hj bem,... eh mara eu adorei!!!
    não q eu seja mt fã de indios mas parece ser bem interessante

    ResponderExcluir
  3. Adoro Sandra Brown!!!
    Adorei o Não sou pudica!!!Estou lendo um livro histórico que fala sobre a hipocrisia da sociedade sobre o pudor e o moralismo que se encaixa perfeitamente nos dias atuais!!
    Livro Quente,muito quente.
    Um índio assim eu já queria!!!!kkkk

    ResponderExcluir
  4. Aprovei a história, apesar de eu não aprovar casamentos de conveniências.

    ResponderExcluir
  5. Adorei esse livro tb li por indicação de uma amiga q leu e achei muito bom.

    ResponderExcluir
  6. Quero ler. Gosto dos livros delas.

    Bjs

    ResponderExcluir
  7. o livro parace ser excelente, e a capa não sugere nada do tipo com índio. Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  8. Sandra Brown é uma escritora singular. Tem estilo e criatividade que me encantam! Adooooro!

    ResponderExcluir
  9. Eita o livro parece ser bem hot mesmo heim? Num sou de ler estorias de indios, na verdade acho que é fata de oportunidade mesmo.
    Mas adoro esse tipo de 'roteiro' onde o mocinho acaba se rendendo kkkk

    Dica anotadissima, sera o primeiro livro que leio da autora, beijos

    ResponderExcluir
  10. Gente, adorei a resenha.
    Fiquei louca pra ler.

    @NandaSCSoares

    ResponderExcluir
  11. Mais um livro da Sandra Brown para comprar.
    Daqui a pouco eu não entro mais no quarto, de tantos livros.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Li alguns livros de Sandra Brown e gostei muito. Este vai para lista.

    @luci_eleoteria

    ResponderExcluir
  13. Tambem gosto da Sandra Brown^^ espero ler esse livro^^

    ResponderExcluir
  14. Oii, não conhecia esse livro, nunca tinha ouvido falar. Acho que nunca li nada sobre índios, sei lá... rsrs mas gostei da sua resenha, o livro parece ser bem legal
    nunca tinha ouvido falar da autora (não me batam rsrs), mas vou procurar saber mais sobre ela...

    beijos,
    @adri_brust
    http://stolenights.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Parece interessante, dá vontade de ler...

    ResponderExcluir
  16. Amei a capa!

    Não conhecia mais fiquei na vontade de ler. Adorei a resenha!

    =D

    Bjinhos
    Psiu!
    Silêncio Que Eu To Lendo

    ResponderExcluir
  17. Adorei a resenha...adoro romances quentes e esse parece muiiiito bom! Enquanto lia a resenha fui imaginando esse índio...ai,ai,ai!

    ResponderExcluir
  18. Adorei a sinopse e a resenha.
    Nunca li nada da Sandra Brown, mas esse livro dela parece ser muito bom.
    Tbm adoro umas cenas hots! UIAHSUAHSUAH...
    Ótima dica! ^^

    ResponderExcluir
  19. Confesso que não sou fã de índios... rsrs
    mas a sua emplogação com a história foi tanta que deu vontade de ler.
    Quem sabe não acho ele pelas livrarias por aí?

    =)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...