segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Apresentação da Triologia da Gratidão – Nora Roberts

Oláááá! Minha primeira resenha do ano começa com pé direito!

Sou uma leitora curiosa por natureza, sou o tipo de pessoa que lê até bula de remédios antes de ingerí-los para saber que tipo de droga está entrando em meu organismo e o que pode causar (não, não sou hipocondríaca, sou amante de química, geografia, história, arquitetura, arqueologia, antropologia, psicologia e cinência econômica, política e social)…

Buenas, pois numa de minhas andanças, deparo-me com o ranking do The New York Times Best Sellers Author. E eis que deparo-me com uma pesquisa que mostra as preferências dos leitores por autores de acordo com suas obras e em se tratando de Nora Roberts, a Triologia da Gratidão ainda hj é a campeã. O sucesso é tremendo e nenhuma outra obra da autora ainda conseguiu desbancar esta triologia do coração dos fãs dela – tanto que ela fez um quarto livro posteriormente.

E eu, claro, tinha que conferir de perto o bam-bam-bam desta triologia. Graças a Deus, comprei-a completa numa super-hiper-mega-blaster promoção da Saravia onde os quatro livros nem bem sairam pelo preço de dois e lá vai… QUE COISA MAIS LINDA! A MELHOR TRIOLOGIA DA NORA QUE JÁ LI – e olha que sou apaixonada pelos McGregors e Donovans! E tudo isso por que? Porque NADA supera a simplicidade de ideias com uma trama envolvente regada a muita generosidade, emoção e amor.

A trama básica que se estende aos quatro livros baseia-se na morte de Ray Quinn e uma suspeita que paira sobre a sua cabeça. Voltando ao tempo, o casal Ray e Stella Quinn adotaram três meninos indesejados, maltratados e marginalizados pela sociedade, sem nenhuma perspectiva de vida ou sobrevivência. E com amor, carinho e disciplina, este brilhante casal consegue transformá-los em homens de caráter admirável, que compartilham laços fortes, mais fortes que o sangue. Então, são o tipo de irmãos unidos pelo amor: um laço inquebrável superior ao sanguineo. Oxalá existissem milhares de Quinns mundo a fora! Ou que parássemos para enxergar alguém naqueles meninos de rua e não somente futuros marginais.

Nos dias que se seguem, apresentarei a vocês livro a livro. E se preparem para lágrimas! Pq tudo é muito lindo e emocionante. realmente, Nora Roberts se superou. A beleza contida em cada passagem dos quatro livros, o amor ali descrito, a vida que esta família traçou para si ante a adversidade, superam em gênero, número e grau o mocinho Roark da Série Mortal (sorry, gilrs). Então, agora, vamos aos livros:

Trilogia da Gratidão - Nora Roberts

1) Arrebatado pelo mar;

2) Movido pela maré;

3) Protegido pelo porto;

4) Resgatado pelo amor.

Aguardem as resenhas!

Hasta la vista!

SuzanaPandora

6 comentários :

  1. AIMEUDEUS... todo mundo sabe que eu sou APAIXONADA por essa quadrilogia! Gente... é PERFEITAAAAAAA!!! ai ai Cameron... #suspira! Aguardo as resenhas Suzana!!

    ResponderExcluir
  2. OMG, já estou roendo as unhas de ansiedade aqui. Desde dezembro comprei algumas coleções da Nora, mas essa ainda não... e pensar que não vi a tal promoção da Saraiva!
    Amiga, avisa quando ver essas coisas...
    Bjkas!

    Monique Martins
    MoniqueMar
    @moniquemar

    ResponderExcluir
  3. Realmente, essa é mesmo a melhor tri(quadri)logia da Nora!! Me emocionei muito durante a leitura! Esses quatro irmãos me fizeram desejar ter uma família tão unida assim! =)

    Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Su, eu tinha que ler esse post, pois falar de Nora é um prazer!

    Eu sou apaixonada por essa série, já li todos também e apesar de cada um ser especial da sua própria maneira, meu preferido é o Philip do terceiro livro, mas como você disse essa família é Maravilhosa.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Meninas, já emprestei essa série há várias pessoas, ainda nãoa chei quem não gostasse! Realmente a Nora se superou! Já tem gente dizendo que é a minha cara! kkkkkkkkkk

    Ju, vc fica com o Philip e eu com o Cameron!^^

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...