terça-feira, 29 de janeiro de 2013

O Último Tiro - Lee Child


 O Último Tiro
Lee Child
Sinopse
Aventura, suspense e um final imprevisível. Essa é a mistura apresentada por Lee Child nos seus Best Sellers, publicados em mais de 20 países. O último tiro, lançado anteriormente como Um tiro e considerado um dos melhores livros do autor, chega está chegando aos cinemas brasileiros. O autor é hoje um dos três escritores do gênero policial mais vendidos no mundo.

Um Tiro, de Lee Child, tem início com a descrição dos passos de um franco-atirador em direção a um massacre iminente: com controle, precisão, tranquilidade e seis disparos, cinco alvos são atingidos em frente à sede de uma afiliada da NBC. Pânico, notícia e mistério: todas as evidências apontam para James Barr, um veterano da Guerra do Golfo, como o principal suspeito dos crimes. Barr, no entanto, se diz inocente. E sabe que apenas um homem terá coragem e tenacidade para perseguir a verdade: Jack Reacher, apresentado no romance Dinheiro Sujo.

Após ser preso dentro da própria casa pela SWAT, Barr é levado à prisão e fica em silêncio até ser interrogado pelo advogado de defesa David Chapman. "Pegaram o homem errado", diz, antes de exigir a presença do misterioso ex-policial militar Jack Reacher, que é obrigado a interromper seu descanso numa praia de Miami, ao lado de uma belíssima norueguesa, e voltar a se meter em tramas tão sujas e violentas que derrubariam até James Bond, MacGiver e Chuck Norris. Reacher, no entanto, permanece sempre de pé, armado... e bem vestido.

O livro estava em minha estante já há algum tempo. Por alguns compromissos foi deixado de lado até hoje. Com o boom do lançamento do filme estrelado por Tom Cruise, não resisti. Deixei alguns compromissos de lado e fui me deliciar com a leitura desse livro.  O livro é muito bom. Eletrizante do começo ao fim.  Jack Reacher é aquele tipo de personagem sarcástico, inteligente, ousado e lindo. Não tem como você não se apaixonar.  Por ele, pela história, pelos fatos que se desenrolam enquanto você está lendo.

O livro começa com a preparação e a execução de um evento que transforma a sexta-feira de Indiana. Cinco pessoas que estão saindo do trabalho são assassinadas por um atirador de elite. James Barr.  Apesar de ser um militar James deixa um rastro sendo logo detido pela policia. As provas perfeitas o incriminam, mas será que ele realmente é culpado? A única coisa que diz para seu advogado é: chame Jack Reacher.  Será que Jack vai ajudar?

Reacher foi descrito na capa de Um Tiro como uma mistura de Clint EastWood, Mel Gibson e Bruce Willis num mesmo personagem. Eu vou um pouco além. Quem não se lembra de MacGiver? De Bond? .... de vários personagens que a TV e a literatura nos deu. Reacher é a mistura deles todos. Sagaz, inteligente, metódico, pró-ativo, e por que não inteligente novamente. Ele consegue se colocar além dos fatos. Prediz o que pode acontecer e como acontecer. Barr não o teria chamado a toa. Sabia o que estava fazendo. Se alguém podia livrá-lo disso esse alguém era Reacher.  

A escrita de Child é fluida. Mesmo com um enredo tão denso ele consegue nos prender. A coerência e a propriedade que ele tem ao escrever torna o livro tão bom.  Gosto muito de livros onde você percebe que o autor foi além, que buscou informações sobre o que estava escrevendo. Não escreve somente por escrever. Apropria-se do que está sendo escrito. Isso enriquece a leitura.

E claro não poderia deixar de frisar que estou ansiosa para ver o filme e que durante a leitura imaginei por diversas vezes Reacher como Tom Cruise. Espero que o filme não deixe a desejar e que faça juz ao excelente livro de Lee Child.


0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...