sexta-feira, 26 de abril de 2013

No escuro - Elizabeth Haynes

No Escuro
No Escuro
Elizabeth Haynes

Sinopse
Catherine aproveitou a vida de solteira por tempo suficiente para reconhecer um excelente partido quando o encontra: lindo, carismático, espontâneo... Lee parece bom demais para ser verdade. Suas amigas concordam plenamente e, uma por uma, todas se deixam conquistar por ele.

Com o tempo, porém, o homem louro de olhos azuis, que parece o sonho de qualquer mulher, revela-se extremamente controlador e faz com que Catherine se sinta isolada. Amedrontada pelo jeito cada vez mais estranho de Lee, Catherine tenta terminar o relacionamento, mas, ao pedir ajuda aos amigos, descobre que ninguém acredita nela. Sentindo-se no escuro, ela planeja meticulosamente como escapar dele.

Quatro anos mais tarde, Lee está na prisão e Catherine, agora Cathy, tenta reconstruir a vida em outra cidade. Apesar de seu corpo estar curado, ela tornou-se uma pessoa bastante diferente. Obsessivo-compulsiva vive com medo e insegura. Seu novo vizinho, Stuart Richardson, a incentiva a enfrentar seus temores. Com sua ajuda, Cathy começar a acreditar que ainda exista a chance de uma vida normal. Até que um telefonema inesperado muda tudo. Ousado e poderoso, convincente ao extremo em seu retrato da obsessão, No escuro é um thriller arrebatador.

Arrebatador definitivamente é a palavra certa para esse livro. Você fica dependente dele até o final. Tem que ler e ler e ler.... porque você precisa saber o final.

Cathy vive com medo, na verdade aterrorizada por tudo que viveu, e com isso torna-se obsessiva. Obsessiva com sua segurança checa até a exaustão a fechadura. Muda os caminhos para ir para casa. Não vive, apenas sobrevive. Quando chega um vizinho novo tudo começa a mudar. Só não contava que seu passado fosse voltar para assombra-la.

Gostei bastante de como a autora desenvolveu a história. O livro alterna os capítulos com Cathy contando o que se passa hoje, e o que se passou no passado. Ficou bem dinâmico e nada chato. Na verdade conseguiu (ao menos para mim) chamar mais atenção a trama. Remete-nos também para a questão da violência doméstica. Como os agressores são pessoais “normais” para os demais. Às vezes até super heróis para alguns.  Também é uma tomada de consciência já que os melhores amigos de Cathy não acreditam nela, já que aquele homem maravilhoso “jamais” faria algo assim. Será que estamos atentos ao que se passa próximo a nós?
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...