quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Rose na Tempestade - Jon Katz




Sinopse:



“ No meio de uma terrível nevasca, a cadelinha Rose insiste em dar conta de seu trabalho como pastora enquanto nos deixa a par de suas curiosas reflexões: onde está Katie, que ela nunca mais viu, embora seja capaz de sentir sua presença em todo lugar? Quem será aquele cachorro selvagem que parece seu amigo? Por que Carol, a mula, fica parada mesmo debaixo de toda a neve que cai? E onde foi parar Sam, que sumiu depois daquele barulho todo? Mas Rose não tem muito tempo para suas reflexões divertidas — e às vezes bem corretas. Agora ela deve voltar sua atenção para uma coisa muito mais séria: correr atrás de Sam, tentar encontrá-lo e, quem sabe, salvá-lo. No entanto, alguns perigos podem ser intransponíveis para uma cachorrinha... ”

 



Resenha



Jon Katz nos traz a estória de Rose, uma cadela da raça border collie que vai lhe demonstrar lealdade, amor e companheirismo.

A estória é narrada pela perspectiva de Rose e sua garra em cuidar de seus amigos do celeiro e seu dono Sam.

Fiquei em vários momentos com o coração na mão, querendo que tudo corresse bem e bem apreensiva.



Não sei até onde vai à ficção e o real desse livro, mas sei do que os cães são capazes.

A cadela vira lata do meu irmão, abre qualquer porta/portão corrediço, minha mãe viu o olhar e a atitude de nosso pastor Maylon, quando enfermo sair da porta do seu quarto, como se dissesse a ela que já não era capaz de lhe defender. Os São Bernardos sempre se ouve por aí estórias incríveis.

Enfim, tudo o que Rose “aprontou” nesse livro pode perfeitamente ser verdade.



O autor faz uma boa descrição do lugar, dos habitantes da fazenda, dos sentimentos de cada um, isso tudo sob o prisma ocular de uma cadela super inteligente.

Sam se precaver do jeito que sabe e pode das tempestades, das nevascas que assolam o lugar onde ele possui uma fazenda.

Ele é um cara solitário não por opção e Rose com sua energia inesgotável, ajuda-o a passar o tempo sem muita novidade.

Mas “aquela” nevasca desestrutura toda a vida dos viventes da fazenda.



"Sabia agora o lugar exato onde ele estava, ouvia-lhe a respiração, o batimento cardíaco, sentia-lhe a resignação. Achavam-se juntos mais uma vez, com apenas aquela neve entre ambos. Ele vivia. O trabalho dela jamais fora mais claro, nem seu objetivo tão intenso em cada parte de si."



São muitos dias de chuva forte, neve e vendaval, Rose faz o que não pode e até o que não sabe, para contornar a situação devastadora dos animais nos celeiros.

Sam procurando melhorar a situação calamitosa, dos seus animais, é soterrado por uma avalanche de neve acumulada no teto de um dos celeiros.

Adivinha quem cava até encontrá-lo?



Sam muito ferido é levado de helicóptero para a cidade mais próxima.

Ele a chama desesperadamente para levá-lo consigo, mas no “mapa” de Rose, o registro é assim: “ Se ele vai eu fico na fazenda. ”

E o que essa cadela faz sozinha você precisa ler.

Em minha opinião faltou explorar a personagem Katie com romantismo, pois é o que falta neste livro.

Rose se torna inesquecível para o leitor, depois que se conhece a forma e determinação que essa border collie é capaz. Uma estória emocionante e cheia de amor.


                                                             Jon Katz e Rose.





Título: Rose na Tempestade

Autor(a): Jon Katz

Editora: Novo Conceito

Número de Páginas: 240



0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...