terça-feira, 4 de março de 2014

Esc@ndalo - Therese Fowler

Amelia Wilkes tem um pai rigoroso que não permite que ela namore, mas isso não a impede de viver um romance secreto com o cativante Anthony Winter. Desesperadamente apaixonados, os dois sonham uma vida juntos e planejam contar tudo sobre seu amor aos pais de Amelia... Mas só depois que ela completar dezoito anos — e for legalmente reconhecida como adulta. No entanto, a paixão do casal é exposta mais cedo do que o previsto... Eles são jovens, andam grudados aos seus celulares e postam todo tipo de informação — inclusive aquelas informações mais particulares, que só deveriam dizer respeito a eles mesmos — até que o pai de Amelia encontra fotos de Anthony, nu, no computador de sua filha. Poucas horas depois, Anthony é preso. Apesar dos protestos de Amelia, seu pai usa de todo o poder e influência entre os policiais, e entre os meios de comunicação, para transformar Anthony em um pervertido que caçava sua inocente filha. De mãos atadas, cabe aos dois apaixonados arriscar uma última saída, ousada e perigosa, e apagar a acusação de sexting que Anthony recebeu.

Então vamos lá falar desse ‘Romeu e Julieta’ moderno.

É com grande  sacrifício que venho fazer a resenha desse livro, porquê só de lembrar da história sinto uma raiva sem tamanho da autora. É o tipo de livro que eu não indico, tive sérios problemas durante a leitura, questionando o estado emocional da autora enquanto escrevia, isso porque o filho da autora passou por uma situação parecida com a do Anthony, então querido leitor você já fica avisado que a autora não é nada parcial ao escrever o livro. Que ao meu ver serviu mais como um desabafo rancoroso com licença poética.

Primeiramente devo dizer que agora tenho uma relação de amor/ódio com Romeu e Julieta, tudo culpa da Therese que me fez parar pra pensar na história de amor clássica e perceber que os planos do casal são furados desde o início, mas enfim quanto a Escândalo, minha relação é só de ódio mesmo.


Três motivos que me fizeram odiar o livro:
1. Uma mocinha patética, que não sabe se impor, burra na melhor das descrições. Que não é capaz de proteger o próprio computador;
2. Um mocinho mais burro do que a Amelia(o que é muita coisa) que foi pintado como o inocente influenciável, o menininho que foi corrompido(não sei em que mundo), que só topou o sexting por que a mocinha insistiu (ahã tá certo!!);
3. Um livro que foi escrito para que a autora pudesse descarregar toda a raiva e frustração da sua vida pessoal ao passar por um caso semelhante.

Poucas pessoas são capazes de escrever um livro sob diferentes pontos de vistas e amarrarem todas as pontas soltas da história sem dar um nó na cabeça do leitor, pena que Therese Fowler não entende isso. A leitura de escândalo é maçante e confusa, com pontos de vista completamente desnecessários para o desenrolar da história.

Os pais da Amelia são um verdadeiro tormento, a mãe é mais patética que a filha e tudo que sabe fazer é abaixar a cabeça para as sandices do marido, e por falar nesse marido ele é um machista retrógrado, um troglodita sem respeito pelo interesse dos outros que não mede esforços pra proteger o ‘bom nome’ da família e a filha. O fato da autora enfatizar tanto a inocência do Anthony chega a me dar nos nervos, não estou dizendo que é completamente impossível que uma menina comece com a ideia do sexting, mas daí a querer descrever o cara quase como um santo corrompido é demais.

Nem Romeu e Julieta foram tão burros!!! Se você quer trocar sexting com alguém acho que o mínimo que você tem que fazer é se assegurar de ter um email, computador e celular protegidos na medida do possível do que está em suas mãos. E se você for pego pelo seu pai mentalmente perturbado que quer controlar a sua vida, negue, negue até a morte, não faça que nem a burra da história que não sabe nem se defender ou contar uma mentira decente.

Um comentário :

  1. Amélia foi realmente patética, pois deixar o pai dela fazer o que fez, sem comentários... Aliás, a família inteira dela como você bem comentou. Mas de resto eu gostei do livro.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...