sexta-feira, 11 de abril de 2014

Em casa para o natal - Cally Taylor

Em Casa Para O Natal

Em Casa Para O Natal
Cally Taylor

Sinopse

Ela tem a vida quase perfeita. Seu único desgosto é nunca ter ouvido as três palavras mágicas: eu amo você. Assim como em seu primeiro livro, O céu vai ter que esperar!, Cally Taylor, no divertido Em casa para o Natal, une com maestria romance e comédia, mas, desta vez, com uma diferença: na época mais especial do ano, o Natal. Quando lançado na Grã-Bretanha, fez enorme sucesso, figurando nas principais listas de mais vendidos.

Beth Prince sempre adorou contos de fadas e acredita que está prestes a viver um final feliz: tem o emprego dos sonhos em um charmoso cinema independente e um namorado maravilhoso chamado Aiden. Ela faz parte de um grupo privilegiado de pessoas que trabalha com o que ama, e o entusiasmo pelos filmes intensifica a busca por seu próprio “felizes para sempre”. Só há um problema: nenhum homem jamais declarou seu amor por ela. E, apesar de acreditar que Aiden é o príncipe encantado, a protagonista desconfia de que ele tem medo de dizer “eu amo você”. 

Desesperada para escutar essas palavras mágicas pela primeira vez, ela resolve assumir as rédeas do destino — e acaba se arrependendo.

Com Em Casa Para o Natal, Cally Taylor brinda o leitor com uma deliciosa comédia romântica que tem como pano de fundo o espetacular universo do cinema e os tempos festivos do Natal.

Um livro leve e divertido com um humor excelente. Nunca tinha lido nada dessa autora e fiquei muito feliz em encontrar uma escrita leve e descontraída de uma forma bem inteligente. A autora escreve com uma sagacidade surpreendente. Virei fã. 

Beth Prince é uma mocinha comum como nós. Sem o corpo perfeito, o emprego perfeito nem tampouco o namorado perfeito. Gente como a gente. Talvez por isso mais apaixonante que muitos personagens que nos deparamos por aí. Sua paixão por filmes (o que nos traz diversas comparações hilárias) é outro atrativo. Se você ama a sétima arte assim como eu esse é mais um atrativo para o livro. 

Matt é seu antagonista já que trabalha em um grande corporação que deseja comprar o cinema onde Beth trabalha. Seu primeiro encontro é hilário. Tem um avô fofo que nos deixa querendo um igual. A relação entre os dois é belíssima. 

Como a autora intercalou a narração entre Beth e Matt podemos ver os dois lados da historia, e isso foi muito bom pois foi um atrativo para o enredo. 

Leiam o livro e divirtam-se com a história de Beth. Garanto que vocês vão gostar. 

0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...