domingo, 26 de abril de 2015

O Príncipe dos Canalhas

Sinopse: 

Sebastian Ballister é o grande e perigoso marquês de Dain, conhecido como lorde Belzebu: um homem com quem nenhuma dama respeitável deseja qualquer tipo de compromisso. Rejeitado pelo pai e humilhado pelos colegas de escola, ele nunca fez sucesso com as mulheres. E, a bem da verdade, está determinado a continuar desfrutando de sua vida depravada e pecadora, livre dos olhares traiçoeiros da conservadora sociedade parisiense. Até que um dia ele conhece Jessica Trent...Acostumado a repulsa das pessoas, Dain fica confuso ao deparar com aquela mulher tão independente e segura de si. Recém-chegada a Paris, sua única intenção é resgatar o irmão Bertie da má influência do arrogante lorde Belzebu.Liberal para sua época, Jessica não se deixa abater por escândalos e pelos tabus impostos pela sociedade – muito menos pela ameaça do diabo em pessoa. O que nenhum dos dois poderia imaginar é que esse encontro seria capaz de despertar em Dain sentimentos há muito esquecidos. Tampouco que a inteligência e a virilidade dele pudessem desviar Jessica de seu caminho.Agora, com ambas as reputações na boca dos fofoqueiros e nas mãos dos apostadores, os dois começam um jogo de gato e rato recheado de intrigas, equívocos, armadilhas, paixões e desejos ardentes.

Capa Comum: 288 páginas

Editora: Arqueiro (7 de maio de 2015)

Autora: Loretta Chase

Idioma: Português

O Príncipe dos Canalhas de Loretta Chase é um daqueles livros que é digno de possuir um lugar exclusivo na cabeceira de sua cama. A história conseguiu me seduzir logo nas primeiras páginas e me vi completamente cativa da narrativa da autora. Com o desenrolar da história me apaixonei pela compasso, engenhosidade, diálogos inteligentes, jocosidade e pitadas de sarcasmo que deram um toque a mais, colocando autores do mesmo estilo literário no “limbo eterno do esquecimento”.
Somos apresentados à heroína Jessica Trent, uma solteirona de 27 anos, que chega a Paris para readquirir o bom senso do asno do seu irmão Bertie que se abrenha a cada dia mais em bebedeiras, jogatinas e mulheres, despendendo todas as suas economias, procurando experimentar o modo de vida de seu novo Deus supremo Sebastian Ballister, o marquês de Dain.
Sebastian Ballister aprecia e contribui a cada dia em sua atribuição como o Senhor libidinoso de Scoundrels. Logo ao nascer foi cruelmente refugado pelo pai, que julgava o filho como uma “abominação”. A partir da sua experiência de desprezo e negligência paterna, abandono da mãe e sendo motivo de pirraça por parte de outras crianças na infância, consegui entender não só a sua perspectiva sarcástica sobre as mulheres e casamento, mas também sua aversão sobre a paternidade e sentimentos como um todo. Amaldiçoado e menosprezado por sua aparência grosseira, onde era possuidor de um enorme nariz e membros mal proporcionados, Dain tinha sido sempre o exilado por conta do corpanzil imenso e rosto moreno. Para neutralizar a lacuna da ausência de afeição e amor em sua vida Dain resolveu cuidar apenas de si mesmo, sendo senhor absoluto de suas vontades e anseios. Transformou-se em um homem grosseiro e rude, inteligente e sagaz, um homem que impõe medo e respeito, Dain é um Neandertal emocionalmente.
Quando Jessica esbarra no motivo da decadência do seu irmão, ela se apaixona imediatamente. Lorde Belzebu, como é conhecido Dain, exerce um poder de atração fatal para ela que se vê totalmente absorta por aquele homem enorme e destemido. A recíproca é verdadeira, ele se vê igualmente atraído por Jessica, mas tenta a todo custo sufocar os sentimentos afinal ela era uma dama e nada parecida com as prostitutas que ele costumava pagar para ter. Mas se ele pensa que ira chocá-la ou expulsá-la facilmente de sua vida, isso é uma história diferente, Jessica verdadeiramente é uma mulher alfa, a frente de sua época, e se tem uma pessoa que pode enfrentar o próprio demônio esse alguém é ela.
Confesso a vocês que já li muito romance histórico, sobre heroínas virgens e heróis lindos e perfeitos, mas particularmente tenho uma queda toda especial pelos anti-heróis. Adoro quando um autor consegue romper de forma tão objetiva modelos pré-estabelecidos de romances, mostrando facetas e construindo personagens mais reais. 
O Príncipe dos Canalhas é um livro excelente, possui uma história de amor obstinado forte e engraçado. O livro será lançado em Maio pela Editora Arqueiro, e apesar de ser o terceiro de uma saga intitulada de Scoundrels, será o primeiro a ser lançado aqui no Brasil, e caso seja bem aceito aqui no Brasil pelos leitores a editora publicará os demais títulos. Então fica a dica, comprem, leiam e se deliciem com esse romance épico, vale muito a pena!



2 comentários :

  1. Oi Nádya,
    Esse livro já entrou na minha lista de desejados e espero que logo eu possa ter a oportunidade de ler.

    Bjos

    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...